Capítulo oitenta e três: Fogo no céu